Nov
17

Visual merchandising + design visual

By Nomina Design  //  colunas, World Fashion + Varejo  //  Comments Off on Visual merchandising + design visual

Muito já se foi falado nesta coluna sobre a identidade de uma marca na arquitetura e no design de interiores de uma loja, ressaltando o design de mobiliário ou instalações, a iluminação e a personalidade que distinguem uma marca da outra. No entanto, as ferramentas do visual merchandising e do design visual também são fortes aliados para a transmissão das mensagens de valores de uma marca. A apresentação dos produtos é um ponto crucial para a sua imagem. Na maioria dos casos, os produtos podem ser organizados em grupos (por cores ou tipos), isolados (peças-chaves ou peças conceituais) ou co-relacionados (jeans e camisetas) dependendo da narrativa que se quer criar. Outras considerações como tamanho (underwear x blusões), quantidade para exposição e em estoque (araras x gavetas/prateleiras), preço (caro x barato),  segurança (jóias), serviços (demonstração) definem a apresentação do produto. Mas não é somente isto, a maneira como se planeja esta apresentação está relacionada à campanha – que pode ser um lançamento de um novo produto ou coleção, ou uma liquidação, ou uma data comemorativa,  etc… – com a identidade da marca. Isto significa dizer que a identidade estará também no merchandising que é a transformação do tom da marca em um modelo 3D através da relação dos produtos nos displays com os materiais gráficos de ponto de venda.

Para a Camper, especialista espanhola em calçados, o humor desempenha uma importante contribuição para a comunicação da marca e isto aparece nos seus produtos que são alegres, como o sapato da foto acima, e em toda comunicação gráfica nas lojas que incluem: sinalização, sacolas, caixas, brochuras e cartazes.

O design da embalagem é outro item que reforça a imagem que se deseja comunicar sobre o produto na exposição. Marcas de alimentos como chocolates e chás são experts neste assunto. As francesas Pierre Hermè, Ladurée e Maison Fauchon são exemplos disso.  Esta última, situada na Place de la Madeleine em Paris, é considerada uma das melhores boutiques de alimentos do mundo. Na loja, predomina a cor púrpura sobre o dourado, o preto, o cinza e o branco, e existe um especial cuidado com a disposição de seus produtos que se destacam pelas cores e formas de suas embalagens que, além de tudo, comunicam o seu caráter excepcional.

Os grafismos e cores nas embalagens não só contribuem na organização e na identificação de sabores de chocolates, madeleines e chás em vitrines e prateleiras, mas induzem a “comer com os olhos”.

Na vitrine com o tema “French to Eat”,  as embalagens nos tons dourados formam um famoso marco parisiense, a Torre Eiffel, sobre o “enigmático e doce” olhar da Monalisa.

Nos cartazes, os pecados da luxúria e da gula não representam culpa para se experimentar mais um doce.

Fotos: Divulgação e Noemi Saga (Maison Fauchon)

Por Noemi Saga, diretora de criação da Nomina Design.
Esse texto foi publicado na edição 135 da revista World Fashion + Varejo, na coluna + Sua loja.

Comments are closed.