Jan
3

Ultra Pop Up

By Nomina Design  //  colunas, World Fashion + Varejo  //  Comments Off on Ultra Pop Up

Com hora marcada para começar e terminar, as pop up stores ou lojas temporárias surgem, acontecem e desaparecem. Instalam-se em construções inusitadas, bairros charmosos, lojas de departamentos e surpreendem com a sua aparição instantânea. No fundo, as pop up stores funcionam como um happening da marca. São ações de comunicação relâmpago que trazem os atributos da marca, sem nunca esquecer seus respectivos DNA.

A exclusividade está no tempo limitado da instalação. A inovação está na nova forma de apresentação a cada temporada. Não se trata de um outlet, stand de lançamento ou loja itinerante.

Foi a estilista japonesa Rei Kawakubo, da Comme des Garçons, que lançou o conceito, em 2004, com a abertura da primeira pop up store (Guerrilla Store) em Berlin. De lá para cá, a onda pop up se espalhou mundo afora.

Em 2008, para comemorar os 30 anos da Louis Vuitton no Japão, Rei Kawakubo projetou uma pop up store em Tóquio para a marca francesa (acima). O espaço temporário foi o foco para a venda de uma edição limitada de seis modelos de bolsas LV desenhadas pela estilista. Minimalista, no interior da loja predominava o cinza concreto nas paredes e piso. Como displays para as peças especiais, caixas estampadas com monogramas LV foram dispostoas nas paredes.

A Louis Vuitton/Underground (acima) é outra pop up store da marca localizada no subsolo de uma loja de departamentos em Tóquio. Enquanto a loja permanente não se realiza, o clima da temporária é de construção, mas com os produtos expostos sobre tecidos finos e prateleiras laqueadas.

Já na loja temporária da Dr. Martens, em Londres, predomina um visual de depósito que faz parte do DNA da marca, já que suas botas vêm da história de trabalhadores de fábricas. Para esta pop up store, além das botas tradicionais foi lançada uma edição especial desenhada por Yohji Yamamoto, toda exposta em paletes e armários de ferro. O ambiente foi separado por uma cortina industrial amarela em PVC. As luminárias provisórias de obras fazem a iluminação dos produtos. A sinalização foi pintada em estêncil.

Paris é a inspiração para a pop up da Prada, no número 92 da Place Beauvau. A fachada é uma referência à primeira ponte de metal de Paris, a Mirabeau. Manequins estilizados remetem a uma cena no bairro boêmio de Montmartre. Sobre o piso xadrez em mármore, que remete à loja original de 1913 na galeria Vittorio Emanuelle em Milão, estofados revestidos de veludos lilás e espelhos que vão do chão ao teto. No andar superior, móveis beges e displays em bronze e vidro.

Fotos: Divulgação

Por Noemi Saga, diretora de criação da Nomina Design.
Esse texto foi publicado na edição 29 da revista World Fashion + Varejo, na coluna + Sua loja.

Comments are closed.