Dec
7

Os Futuristas

By Nomina Design  //  colunas, World Fashion + Varejo  //  Comments Off on Os Futuristas

Incríveis propostas surgem associando a tecnologia ao conceito das marcas, levando informação ao consumidor de forma totalmente inovadora.

A tecnologia traz novas possibilidades no dia a dia do homem, na indústria e novas formas de expressão artística.

Da tecnologia digital, o mundo virtual saindo do computador, torna-se tangível no ambiente físico. Podemos experimentar fisicamente o que antes víamos na tela do monitor.

TEAMLAB

Teamlab_FlotingFlowerGarden_baixa

 

Um belo exemplo desta experiência é a instalação interativa chamada Floating Flower Garden (Jardim das Flores Flutuantes) da TeamLab, liderada pelo japonês Toshiyuki Inoko.

Esta instalação que ocorreu em setembro, durante a Maison&Object em Paris, consistia em 2.300 flores naturais suspensas no teto e programadas para subir e descer de acordo com o movimento do visitante.

O varejo que vive em constante renovação também se apropria da tecnologia digital para criar novas experiências aos clientes. A intenção é fazer do espaço de varejo um lugar de entretenimento e novas experiências sensoriais com uma boa dose de arte e tecnologia. Levando o usuário à uma viagem no tempo e no espaço.

MELISSA

GaleriaMelissa_Londres_baixa

Na Galeria Melissa em Covent Garden, Londres o designer brasileiro Muti Randolph utilizou a tecnologia do LED para criar movimento, cor e iluminação e transpor o visitante para um cenário sci-fi de um filme.

Já na entrada uma instalação cinética formada por uma série de 21 caixas acrílicas suspensas que suavemente sobem e descem criam diferentes composições durante o dia. Cada caixa expõe uma Melissa iluminada por um sistema de LED chamado Applelec que fica instalado no topo interno de cada caixa.

Na sala maior, uma outra instalação em forma de U cria um túnel repleto de fog, neste caso digital. O túnel formado por 3 painéis brancos e espelhados que se tornam transparentes ao capturar o movimento do cliente. O fog digital é produzido por um software que alterna entre a opacidade e a transparência; a reflexão e a visibilidade produzem uma sensação de ilusão e confusão.

Por trás do painel de vidro espelhado existem 64 aberturas com a exposição das sandálias que aparecem e desaparecem ou tem sua iluminação dimerizada para criar focos em determinadas composições.

O Futurismo pode também estar presente nos ambientes de maneira mais simbólica, como nos materiais que remetem a um espaço high-tech, ou nas formas inspiradas na ficção científica e assim aguçar a imaginação do visitante.

ACNE

Acne_baixa

Com predominância do aço inox nas superfícies do interior da loja Acne em Estocolmo, Suécia ressalta a futurística instalação luminotécnica. E em conjunto com a forte presença do monolito branco passa a sensação de estar no interior de um avançado laboratório tecnológico.

LC-CC (Late Night Cameleon Cafe)

LNCC store_baixa

LC-CC é em espaço de varejo com uma curadoria de moda, literatura e música, além galeria de arte e um clube. A loja conceito situa-se no bairro de Dalston, em Londres e cinco anos após sua criação, acaba de passar uma nova transformação. Mas sempre mantendo o ambiente sensorial onde o visitante transita pelas diversas salas passando por instalações como o túnel -antes em madeira- recebeu cor branca e iluminação de LED e espelho. Seria um túnel do tempo?

 

 

Fotos: Divulgação

Por Noemi Saga, diretora de criação da Nomina Design

Esse texto foi publicado na edição 151 da revista World Fashion+Varejo, na coluna +Sua Loja

Comments are closed.