Browsing articles from "December, 2011"
Dec
29

Club Soda – store design para marca teen

By Nomina Design  //  projetos comerciais, vitrines  //  Comments Off on Club Soda – store design para marca teen

Club Soda – loja de atacado de moda teen feminina

Projetos: reforma, store design, vitrinismo

Loja São Paulo – 70m²

Período de projeto e implantação: de fevereiro a março de 2006

Desafio: reformar antiga loja em um Shopping atacadista aplicando a identidade da marca.

Solução: o store design foi criado dentro do tom teen da marca e das cores do logotipo. O acabamento rústico e neutro do piso e a cor branca dos móveis e paredes se contrastam com as cores fortes da marca: o amarelo no tapete do lounge e graduações da cor magenta nas listras pintadas nas paredes e teto da loja.

Os projetos de layout e mobiliários levou em consideração a logística de compras em lojas de atacado.

Dec
28

Apartamento Lapa

By Nomina Design  //  projetos residenciais  //  Comments Off on Apartamento Lapa

Apartamento Alto da Lapa – São Paulo – 170 m2

Projetos: Design de interiores e reforma

Período de projeto e implantação: 2007

Para a primeira morada dos recém-casados, duas das três suítes que o apartamento possuía se transformaram em uma, para que ambos tivessem seus closets e banheiros individuais. A outra suíte ficou reservada para o futuro bebê e um quarto reversível teve suas paredes removidas para ampliar a sala com três ambientes.

 

Dec
27

Display Legs

By Nomina Design  //  design industrial, produtos  //  Comments Off on Display Legs

Versatilidade é a maior qualidade do Legs, um display para calçados e acessórios que permite que a exposição de produtos seja feita de maneiras diversas. Basta apenas girar a peça para que ele se transforme! A diferença principal entre o Legs e os tradicionais expositores é que um Legs expõe um par de calçados numa única peça.  São 4 tamanhos, um deles para calçados infantis.

Dec
23

Ilusão óptica

By Nomina Design  //  colunas, World Fashion + Varejo  //  Comments Off on Ilusão óptica

Perspectivas, proporções, cores, formas e grafismos são alguns dos recursos das artes plásticas e do design. Composições em 2D passam a sensação que são 3D, onde o estático ganha movimento e surpreende no conjunto das formas, materiais e cores. Quando apropriados pelo Store Design, estas composições resultam em ambientes muito além dos convencionais. Como? Muitas inspirações dos movimentos artísticos.

Grafismos em MOVIMENTO

A Op Art caracteriza-se pela composição de elementos gráficos que criam ilusão de movimento e confundem a nossa percepção ótica. Aplicados no Store Design, a sensação de perspectiva e profundidade se perde. As lojas temporárias se valem destes recursos para causar um imediato e grande impacto.

Numa das pop up stores da Artshop, centenas de setas pretas foram adesivadas sobre a base branca de todo o ambiente. Simulando o vôo de aves migratórias, todas se dirigiam para a mesma direção, tornando-se mais bold à medida que chegavam ao ponto focal: os produtos.


180m2 da pop up store da Artshop

Grafismos em MOVIMENTO ACELERADO

Para divulgar uma edição limitada de tênis inspirados na cultura pop americana dos anos de 1980, a Reebok criou, em 2009, sua primeira pop up store em Manhattan.

A empresa tinha a intenção de reposicionar-se na cena criativa e a loja temporária chamada de Reebok Flash, deveria servir de extensão da sua marca e seus calçados. O transeunte era transportado da movimentada Bowery para um ambiente que causava uma ilusão 2D. A loja de 280 m2 teve todas suas superfícies camufladas pelos elementos gráficos de cores vibrantes, intercalados por faixas brancas que recortavam o espaço num ritmo alucinante, criando um movimento acelerado. As faixas aplicadas em ângulos inclinados partiam do piso, escalavam os poliedros que serviam de bases expositoras até atingir o teto distorcendo os planos reais.

A fonte de inspiração foi um mix de Op art com forte predominância do Vorticismo, movimento britânico do início do século XX, marcado pela a associação da arte cinética com influências do Cubismo e do Futurismo. Vale dizer que a origem do nome vem do termo latim vortice que significa redemoinho. Neste ambiente, os tênis multicoloridos dispostos juntos aos grafismos se encontravam à mão dos clientes.


Pop up store da Reebok Flash

Perspectivas e Proporções DISTORCIDAS

Numa recente exposição realizada na cidade de São Paulo, as obras do artista holandês M. C. Escher (1898-1970) foram apreciadas e literalmente experimentadas pelo público que se divertia com as distorções causadas nas proporções. Era uma instalação em perspectiva, onde, como num efeito de ilusão visual, o visitante tornava-se gigante e no extremo oposto, parecia minúsculo. As obras deste grande mestre-matemático das artes gráficas são repletas de escadarias que sobem e descem e desafiam as leis da gravidade, assim como, as leis da perspectiva são totalmente distorcidas para a criação de um mundo imaginário, misterioso e impossível.


Relativity
, Escher,1953- técnica litografia.

Com esta mesma intenção e inspirado naquelas escadarias, o arquiteto italiano Francesco Gatti da 3Gatti, concebeu a nova loja da Alter em Xangai. As escadarias na Alter percorrem o piso, as paredes e o teto confundindo o senso de equilíbrio de qualquer desavisado. Os acabamentos em cores neutras sob o efeito da luz e sombra reforçam a sensação. Não só decorativas, elas são funcionais: escondem o escritório e os provadores, e ainda servem de base para exposição de roupas, calçados, jóias e livros. Como os habitantes da litografia de Escher, que não possuem feições, os manequins conhecidos no mercado como cabeça de ovo, não expõem roupas e estão sentados nos degraus das escadarias existentes no teto e nas paredes, desafiando as leis da gravidade.


Loja Alter em Xangai, inspirada na obra de Escher

Cores e Proporções ACENTUADAS

Nos anos de 1950, a Pop Art surge como um movimento artístico que buscava aproximar a ­arte da vida real. Produtos de consumo de massa eram reproduzidos pelos artistas “pops” em cores vibrantes e em uma escala exagerada, transformando o real em hiper-real. E assim, o mesmo objeto era repetido em cores diferentes. Colagens e serigrafias eram técnicas usuais.

Interpretada nos dias atuais, a Pop Art influencia na criação de coleções de moda e no design de mobiliários.

Na Nucleo, uma loja de 400m2 em Pouso Alegre, Minas Gerais, o mix de produtos premium, não só de moda, mas também de móveis e objetos, é exposto nos mobiliários que  definem e distinguem os vários ambientes da loja.


Mobiliários da Nucleo

Na seção de moda feminina teen, as araras e mesas de apoio têm as bases torneadas em formas exageradas e receberam acabamento laqueado em cores vivas como o vermelho, amarelo e azul. ­Trata-se de uma releitura dos tradicionais mobiliários do dia-a-dia onde as proporções exageradas aliadas aos elementos retos apontam para uma linguagem contemporânea. A escolha das cores intensas e de acabamento brilhante e o uso de espelhos nas paredes maximizam a percepção visual, criando a ilusão de aumentar ainda mais as proporções destes móveis.


Maximizado, também é o desenho do cabideiro para a seção do jeans.

Fotos: Divulgação

Por Noemi Saga, diretora de criação da Nomina Design.
Esse texto foi publicado na edição 136 da revista World Fashion + Varejo, na coluna + Sua loja.

Dec
22

Busto aramado e display caracol

By Nomina Design  //  design industrial, produtos  //  Comments Off on Busto aramado e display caracol

Nesse post, vamos conferir mais dois produtos cheios de bossa criados para o Legas Group: o Display Caracol e o Busto Aramado.

Com mesas em três alturas diferentes, o Display Caracol é um suporte para produtos em vitrines ou ser usado como móvel de apoio em lojas e residências. A base tem estrutura de arame e o tampo pode ser em chapa ou madeira. As formas exageradas da base dão um ar divertido à peça.

Já o Busto Aramado foi idealizado não apenas como expositor de produtos. Apesar de cumprir muito bem essa função, ele ainda pode ser utilizado como peça de decoração. A estrutura leve de arame e tubo dão um toque moderno e facilitam seu transporte.

Dec
21

Bolseiro Flô

By Nomina Design  //  design industrial, produtos  //  Comments Off on Bolseiro Flô

Criado para o Legas Group, o bolseiro Flô tem estrutura de arame e formato inspirado na natureza. A parte superior é giratória e pode ser removida, conferindo mais versatilidade à peça. Lançado na Feira Couromoda 2011, em São Paulo, o Flô foi produzido em cores vibrantes que agradaram em cheio ao público.

 

Dec
15

Espaços convencionais, atmosfera inovadora

By Nomina Design  //  colunas, World Fashion + Varejo  //  Comments Off on Espaços convencionais, atmosfera inovadora

Habituados a padrões tradicionais de exposição de produtos e comunicação em pontos de venda, consumidores mal podem imaginar as novidades que vêm sendo desenvolvidas para despertar sua curiosidade e estimular a identidade com a marca. Se, para a maioria das lojas, paredes, teto e piso significam demarcação de ambiente, no novo conceito do Design Store esses espaços são transformados em superfícies criativas, transportando o cliente a uma nova dimensão, utilizando recursos que vão além da imaginação.

IlUSTRAR PARA COLORIR

As paredes brancas da pequena loja de tênis Sneakers Delight, em Lisboa, Portugal, tinham seus dias contados para a exposição da Adidas Originals. Foi quando surgiu a ideia de convidar o ilustrador francês Skwak, conhecido por seus personagens Manics, para ilustrar as tais paredes brancas, somente delineando suas ilustrações em preto. Um grande mural colorido foi surgindo graças à participação artística de cada cliente, transformando aquele simples painel branco e preto numa verdadeira obra de arte.

MALHA ORGÂNICA BRANCA

Situada numa agitada rua de negócios em Hangzhou, na China, a loja de moda feminina Romanticism, projetada pela Sako Architects, impressiona! Sua fachada, revestida por uma malha branca em forma arredondada, assemelha-se à entrada de uma caverna. A malha orgânica mais parece uma pele recobrindo as paredes e percorre toda a loja, alterando sua forma e transformando-se em mobiliários, divisória, guarda-corpo e expositores.

Para valorizar as cores das peças, o piso e as paredes foram pintados de branco, enquanto o teto espelhado reflete a malha que se eleva do chão, unindo-os numa imagem lúdica múltipla, que traz a sensação de infinito.

ORIGAMI BRANCO

Para valorizar seu projeto, o arquiteto Sean Dix foi buscar inspiração na arte milenar japonesa de dobrar papéis, o origami. Dix revestiu paredes e desenvolveu divisórias, mobiliários, expositores e luminárias.  Tudo utilizando a técnica da dobradura para montar cada detalhe da loja, batizada de Origami Boutique. O teto, o piso e as paredes ganharam acabamento preto fosco, aumentando a sensação de leveza e valorizando o desenho das dobras e vincos das superfícies brancas dos móveis e displays, que parecem flutuar no espaço. E para complementar o impacto, sua vitrine em cristal com cortes tridimensionais na fachada se diferencia da vizinhança, na Times Square, em Hong Kong.

ESPELHOS E CORES

O espelho é um objeto fascinante, tanto que já influenciou as mais diversas formas de expressão de arte, como é o caso da obra de Robert Smithson, e das esculturas esotéricas em mosaico, nomeadas Jardim de Tarot, da artista francesa Niki de Saint Phalle. Não por acaso, inspiraram também a criação de identidade da marca da Emperor Moth, loja da estilista russa Katia Gomiashvili, em Londres. Projetado por Ab  Rogers Design, o ambiente foi transformado numa sala de espelhos, dispostos com efeito de caleidoscópio, onde placas recortadas e multifacetadas recobrem as paredes e o teto.

Foram utilizadas apenas duas cores no projeto: azul céu, no piso resinado, e rosa fluorescente, nos rejuntes entre as placas de espelho no rodapé. Acrescenta-se ainda uma explosão de cores que aparece refletida nos espelhos, vinda dos produtos vibrantes e alegres da marca. Isso sem contar as imagens de criaturas inusitadas que povoam a loja e interagem com os clientes nas funções de bancos e cabides. Na vitrine, os manequins sobem e descem, fazendo uma divertida coreografia idealizada por Dominic Robson.

Fotos: Koji Fujii/Nacasa & Partners Inc. (Romanticism)/ Divulgação (Sneakers Delight, Origami, Emperor Moth)

Por Noemi Saga, diretora de criação da Nomina Design.
Esse texto foi publicado na edição 29 da revista World Fashion + Varejo, na coluna + Sua loja.

Dec
14

Expositor Banana

By Nomina Design  //  design industrial, produtos  //  Comments Off on Expositor Banana

Também criada para a Legas Group, o expositor Banana – o nome vem de seu formato – é composto por uma mesa central redonda e três partes articuláveis. Com os pés travados entre si, as “bananas” formam uma ilha; ao desconectar um dos pés, as partes articulam para tomar outras formas. As quatro peças podem ter tampo em acrílico ou madeira, e os pés são em aço.

 

Dec
11

Displays Toyovky e Toyosan

By Nomina Design  //  design gráfico, produtos  //  Comments Off on Displays Toyovky e Toyosan

Os displays gravitacionais para latas de bebidas foram desenvolvidos para o estande da Legas Display na feira Apas 2011. As ilustrações foram criadas a partir da temática toy art que inspirou, inclusive, os nomes das peças – Toyovky e Toyosan. Desmontáveis, os displays  podem caracterizar diversos tipos de bebida, como sucos, refrigerantes, energéticos, etc. O resultado? Um produto divertido que chamou a atenção dos visitantes da feira!

 

Toyovky, de verde, e Toyosan

Dec
10

Cabide Gotas

By Nomina Design  //  design industrial, produtos  //  Comments Off on Cabide Gotas

Outro produto de nossa área de design industrial é esse cabide criado em 2003 e inspirado em gotas. A forma de pingo está presente em vários pontos da peça como no gancho, na barra inferior e até nas abas que servem para prender alças de vestidos. O cabide Gotas já foi estrela em algumas campanhas. Numa delas foi vestido por uma embalagem preta em forma de bolsa como ação de comunicação para seu lançamento.

A peça de crochê que enfeita o cabide Gotas (abaixo) foi desenvolvida pela estilista Lilli Piovesan para seu evento na London Fashion Week de 2005.